«Há dezassete dias que não durmo.» Começa assim a história que Haruki Murakami escreveu sobre uma mulher que, certo dia, deixou de conseguir dormir. Enquanto o marido e o filho dormem o sono dos justos, ela começa uma vida nocturna paralela que, inesperadamente, se torna mais interessante, entusiasmante e perigosa que os seus dias. Sono é uma re-edição do livro Sleep, de Haruki Murakami (1987). Subjacente ao seu conceito central está o uso da tipografia como complemento do sentido da história: seja na variação entre páginas tão abundantes em texto ou tão monótonas que nos dão sono, ou no ocultar de palavras que torna a leitura mais difícil. A publicação completa-se com um saco-contentor, dando ênfase ao ambiente insone do projecto.

sono_2sono_2
sono_3sono_3
sono_4sono_4
sono_5sono_5
sono_6sono_6
sono_7sono_7
sono_8sono_8
sono_9sono_9

Editorial Design, 1st semester, 3rd year, Communication Design
Faculty of Fine Arts of the University of Lisbon
Project integrated at the finalists exhibition FBAUL DC '15 - Agora, Irrepetível